A Google anunciou nesta última segunda-feira (08) que irá descontinuar sua rede social Google+. De acordo com a empresa, um dos maiores fatores para o encerramento da rede social é o vazamento de dados pessoais de usuários que aconteceu em 2015 e em março deste ano.

Um bug encontrado no código da rede social foi a causa do vazamento que atingiu 500 mil usuários. Informações pessoais como nome, ocupação, e-mail, idade e gênero, sofreram com ataques. Segundo a Google, não existe evidencias de que os dados foram acessados. Outro motivo para o encerramento do Google+ é o seu baixo uso e engajamento.

A empresa afirmou que a versão para consumidores da rede social será descontinuada nos próximos dez meses. Já a versão para empresas ficará disponível.