Assim como a Microsoft, Ubisoft e outras empresas se pronunciaram após o cancelamento da E3 2020 por precaução contra o surto do coronavírus COVID-19 a Nintendo também fez uma declaração. De acordo com o pronunciamento, a Big N apoia a decisão de cancelar o evento para proteger a saúde e segurança de todos da indústria dos games.

A Nintendo apoia a decisão da ESA de cancelar a E3 deste ano para ajudar a proteger a saúde e a segurança de todos em nossa indústria. Nossos fãs, nossos funcionários, nossos expositores e nossos parceiros de longa data. Gostaríamos de expressar nossa preocupação e apoio a todas as pessoas afetadas pelo surto de COVID-19 durante este período desafiador. Continuaremos a ser flexíveis e redirecionaremos nossos esforços para outras maneiras de manter nossos fãs atualizados sobre nossas atividades e produtos. Estamos considerando várias maneiras de interagir com nosso público e teremos mais para compartilhar durante o ano”.

Contudo, a empresa não deixou explicito se também realizará um evento digital, como a Nintendo Direct da E3, ou se fará seus anúncios de outra forma. Por fim, a ESA afirmou que deseja realizar um evento digital juntamente com as empresas parceiras. Todavia, não está claro se isso será realizado em conjunto ou de forma independente, conforme a Microsoft e a Ubisoft se manifestaram.