A EA Sports removeu a imagem do astro Cristiano Ronaldo das redes sociais de FIFA. De acordo com a empresa, o motivo está relacionado com uma acusação de estupro que envolve o jogador.

As imagens do jogador foram substituídas pelo logo do jogo e algumas críticas positivas de alguns veículos de impressa. O site Eurogamer entrou em contato com a Electronic Arts para saber mais informações sobre o ocorrido. De acordo com a publisher, esta mudança realizada nas redes sociais são para campanha de marketing do jogo e que está acompanhando os eventos relacionados à acusação contra o jogador.

“Nós vimos as reportagens preocupantes que detalham alegações contra Cristiano Ronaldo”, comentou um representante da Electronic Arts ao site Eurogamer. “Estamos monitorando a situação de perto, já que esperamos que atletas de capa e embaixadores se conduzam de maneira que seja consistente com os valores da EA.”

Entenda o caso

A acusação de estupro envolvendo Cristiano Ronaldo foi feita pela americana Kathryn Mayorga, alegando que o jogador forçou ela a ter relações sexuais com ele em um quarto de hotel em Las Vegas, em 2009. De acordo com Mayorga, ela chegou a fechar um acordo com a assessoria do jogador, mas decidiu se pronunciar após um movimento em defesa de mulheres que sofreram abusos sexuais, o #MeToo, ganhar força.

Por fim, o astro português negou tais acusações e comentou sobre o caso em seu perfil oficial no Twitter.

“O estupro é um crime abominável que vai contra tudo o que eu sou e acredito.”

“Por mais que eu queira limpar meu nome, recuso-me a alimentar o espetáculo da mídia criado por pessoas que procuram se promover às minhas custas.” 

“Minha consciência clara me permitirá aguardar com tranquilidade os resultados de toda e qualquer investigação.”

Até o momento, a polícia de Las Vegas segue investigando as acusações.