Epitácio “TACO” Pessoa fez um comunicado oficial em sua conta do Twitter se despedindo da SK Gaming. Ao lado de Gabriel “FalleN”, Marcelo “Coldzera” e Fernando “FerGod”, o jogador conquistou 13 campeonatos, sendo dois deles Majors ( MLG Columbus e a ESL One Cologne).

TACO atuou pela equipe de Counter-Strike: Global Offensive por dois anos e quatro meses. O Entry Frag que era amado por muitos e criticado por outros quando a equipe perdia, sempre ignorou as críticas que são comuns para a função de Entry Frag. TACO revelou em seu comunicado que não estava feliz e que iria em busca da felicidade de jogar, algo que ele já não vinha sentindo há algum tempo.

O pernambucano postou um vídeo emocionante de despedida, mostrando toda sua trajetória ao lado da sua ex-equipe, confira:

A despedida de TACO da SK Gaming vem após o péssimo inicio do time nos campeonatos deste ano. TACO se desliga da SK Gaming com um legado de 13 títulos, 21 finais disputadas e 10 semifinais. O jogador ainda não deu detalhes sobre seu futuro, sobre qual time pretende ir, afirmando que ainda está negociando e que em breve saberemos.

Alguns veículos de comunicação, HLTV.org e ESPN Brasil, afirmam que a SK Gaming está negociando com dois nomes da Natus Vincere, o ucraniano Aleksandr “s1mple” e o russo Egor “flamie”, para o lugar de TACO e Boltz na equipe.

Confira abaixo o comunicado de TACO na íntegra

– Ao meu hoje ex-time:

Hoje encerro o último capítulo do livro mais bonito que escrevi. Hoje foi o dia que decidi pra mim e por mim, tomar talvez a decisão mais difícil da minha vida. Foram muitos capítulos, e que capítulos. Momentos que eu nunca vou esquecer.

Cada um sabe o fardo que carrega nas costas e eu tenho plena consciência que lutei durante os últimos meses contra todos os meus pensamentos ruins. Não foi suficiente. Abdicamos de várias coisas na vida e por muito tempo isso valeu a pena. O CS:GO me trouxe quase tudo de melhor que eu tenho.

Há algumas semanas percebi que eu não estava feliz. Há alguns dias decidi procurar a felicidade de jogar que eu sentia antes ao jogar e que não vinha sentindo a algum tempo, mesmo que isso fosse custar sair do time que eu ajudei a se tornar um dos melhores da história que já jogaram esse jogo.

A camisa é pesada e não é qualquer um que é capaz de vestir por tanto tempo. Com muito orgulho e nenhum arrependimento fiz isso por 2 anos e 4 meses. Foi necessária muita garra, muito trabalho e muita dedicação.

Durante todo esse tempo, cada segundo no time a pressão externa em cima de mim sempre foi ENORME e talvez esse foi um dos motivos que me fizeram chegar a esse desfecho. Nada disso seria possível sem cada teammate que tive o prazer de aprender e jogar junto. Nada disso seria possível sem vocês, que torcem, acompanham e apoiam em cada momento difícil e que também estavam juntos nos vários felizes que tivemos.

Aos meus teammates – coldzera, dead, camis, FalleN, fer e boltz – Meu muito obrigado por tudo.

Por cada aprendizado e ensinamento,

Por cada sorriso e choro,

Por cada briga e momentos felizes,

Por cada conversa e conselho,

Por cada viagem longa da avião e noite mal dormida,

Por cada reclamação e cada problema solucionado,

Por cada revolta e paciência,

Por cada capítulo da história.

Por sempre acreditarem em mim.

Eu sempre acreditei em vocês também!

Saio deixando minha marca e meu legado entre 28 meses: 13 troféus – 21 finais – 10 semi finais. Saio sem arrependimento, raiva e remorso. Saio deixando as portas abertas.

Muito obrigado por tudo!

Com amor,

Pipitas, Taquinho, Taquin, Epitas, Pipitinhas, Minhoca 🙂

Epitácio “TACO” de Melo