Em uma entrevista com um dos diretores de Football Manager, o site Waypoint constatou que o contrato de mais de 222 milhões de euros simplesmente foi responsável por “quebrar” um dos sistemas do jogo. A transferência milionária do jogador Neymar ao clube francês Paris Saint-Germain teve mais consequências no mundo dos games do que você pode imaginar.

Neymar em ação pelo PSG na liga dos campeões
Neymar em ação pelo PSG na liga dos campeões

“É possível que o valor de Neymar seja mais de 200 milhões de libras dentro do jogo, mas isso significa que ele não conseguiria entrar em nenhuma equipe porque as propostas seriam simplesmente recusadas”, explicou o desenvolvedor, completando que o estúdio também mudou as equações para garantir que contratos de alto valor também passassem entre os clubes.

O diretor da Sports Interactive, Miles Jacobson, explicou que os números por trás da engine de transferências não chegavam nesse valor e um contrato desse nível era simplesmente impossível de ser realizado. Por se basear no mundo real, a inteligência artificial foi alterada para evitar que todos os times recusassem a compra de Neymar.

Jacobson comentou que, até hoje, o valor máximo a ser aceito dentro do jogo foi de 150 milhões de libras — mas este foi um caso único. Ele também reforçou que nunca imaginaria um contrato ultrapassando a barreira dos 200 milhões, seja dentro ou fora do jogo.