Jess Cliffe, um dos criadores de Counter-Strike, foi preso em Seattle na quinta-feira (01) na semana passada acusado de praticar abuso infantil. A polícia acabou revelando mais informações ontem, na ultima terça-feira (06).

Jess Cliffe que criou Counter-Strike juntamente com Minh Le (colega de faculdade) em 1999, tem 36 anos e foi acusado de ter pago para ter relações sexuais com uma adolescente de 16 anos e ter filmado um desses encontros sem o consentimento da jovem. Os investigadores disseram que evidências para a prisão já estão sendo coletadas desde maio do ano passado (2017), quando a jovem identificada como AC afirmou ter mantido relações sexuais com Cliffe três vezes entre abril e junho de 2017, tendo sido paga US$ 300 por hora em cada uma delas.

Zachary Wagnild, advogado de Cliffe, disse que o desenvolvedor não sabia que a garota era menor de idade quando teve relações com ela. “Mesmo que os fatos sejam verdadeiros conforme relatado, essa foi uma reunião a partir de um site adulto”. “Ele não estava procurando por mulheres menores de idade e não tinha idéia de que ela era uma menor”, revelou o advogado.

Segundo as leis de Washington, manter relações sexuais com menores de idade através de  pagamentos ou por troca de itens, mesmo que seja feito com consentimento do menor é considerado crime. Cliffe acabou pagando uma fiança de US$ 150 mil e deverá enfrentar uma audiência sobre o caso ainda em Fevereiro deste ano.

Jess Cliffe.
Jess Cliffe.