Saiu o primeiro trailer da parte II do jogo The Last of Us e deixa seus fãs extremamente ansiosos com o que há de vir. Todos os fatores que o trailer incluiu (cenário, personagens, a música e a emoção passada) contribuíram para que os fãs ficassem muito impacientes sobre o que o futuro reservaria para Ellie. Todavia, os fãs se surpreenderam ao saber que a cena mostrada não fará parte do jogo.

No mundo gamer muitos trailers de revelação de determinados jogos não fazem parte da versão final destes, e isso não é incomum. Porém, quando o realizador do jogo The Last of Us, Neil Druckmann confirmou que a cena em questão não iria estar presente e que era puramente publicitária, a surpresa não foi das menores.

“O primeiro trailer que mostramos existe puramente como anúncio. Não se trata de uma cena que ocorre no jogo”, afirmou Druckmann. Druckmann ainda disse que algumas pessoas se incomodaram com o que viram na cena por causa da violência contida, ressaltando que ocorreram discussões sobre que tipo de violência poderia ser mostrada num vídeo de jogo.

“Existe uma campanha de marketing, mas é impossível contar tudo sobre o game. Apenas o próprio jogo pode fazê-lo. Toda vez que revelamos algo, mostramos uma parte diferente daquilo que será a experiência final, e penso que algumas pessoas queriam mais contexto dentro deste trailer devido ao fato de estarem incomodadas ou chocadas. Eu penso que isso é colocar muito peso e responsabilidade em uma pequena porção do título”, explicou o realizador de The Last of Us.